O Outro Lado do Paraíso – Clara descobre segredo do passado de Sophia veja:

Em O outro lado do paraíso Clara (Bianca Bin) descobrirá a verdade sobre o passado de Sophia (Marieta Severo).

Tudo vai começar quando Gael (Sergio Guizé) revelar à sua amada que sua mãe pode estar envolvida no desaparecimento de Mariano (Juliano Cazarré) e em outros crimes.

O rapaz contará ainda que o garimpeiro esteve com Caetana (Laura Cardoso) antes de sumir e que ela guarda um segredo de Sophia.

Clara, então, irá atrás de Caetana e recordará que prometeu ajudá-la quando tiver a posse da mina de esmeraldas. Depois disso, a mãe de Helenita (Denise Milfont) decidirá revelar o que sabe.

“Todos os crimes que aconteceram. Todos. Eu sou a culpada” – Dirá ela.

“Com certeza não matou ninguém” responderá Clara.

“Foi por causa da minha língua grande” – Responderá Caetana, acrescentando que a vilão matou Agenor, um antigo amante.

“A Sophia era quenga. Por isso eu não quis falar com o Gael, filho dela. Não tive condição de dizer para um homem que a mãe era quenga. Mas falei do crime pro Laerte (Raphael Vianna). Disse que ajudei a acobertar. Os olhos do Laerte brilharam de ambição. Eu sei que ele foi atrás dela. Atrás do dinheiro dela. E ele apareceu morto, aqui neste quarto, a tesouradas. Como o Agenor.”

“Então era isso que a senhora sabia. Houve outro crime, há muito tempo.” Dirá Clara.

“Tanto tempo que ela nem pode mais ser presa por esse crime. Mas não ia querer que soubessem que foi quenga. Magina, a rainha das esmeraldas.”

Clara perguntará se Caetana tem certeza do que está falando.

“Tenho, mas na época ela me convenceu a mentir. Eu disse que ela estava comigo quando ele morreu. Mas ela não estava. Eu sabia que ela tinha matado ele. Só que eram outros tempos. Nessa vida de quenga eu vi muita gente morrer.”

A ex-prostituta ainda dirá que Mariano também sabia de tudo:

“Veio falar comigo. Eu não queria, ele insistiu. Aí o irmão dele mais uma quenga deram um jeito de a gente se encontrar. Eu acabei contando. O Mariano foi falar com ela, é coisa certa. E ninguém nunca mais viu.”

Comentários